Há exatos quinze dias atrás, a Agência do Banco do Brasil de Coroatá sofreu duras críticas dos vereadores Riba Maia (PSC) e Jocimar Pereira (PMDB) [reveja aqui], o Banco respondeu ao líder do governo dizendo que ia solucionar os problemas como a falta de dinheiro aos fins de semana, poucos caixas disponíveis, demora no atendimento. Mas o que a população tem acompanhado é que o agência continua debochando dos seus clientes.

Várias pessoas procuraram a redação do Coroatá Online para relatar o descaso que continua a acontecer. Segundo informaram, o Banco do Brasil passou dois dias sem funcionar, devido problemas com fios de energia que fica ao lado da Agência. Ontem, sexta-feira (19/09), os serviços estavam disponíveis, porém apenas dois caixas funcionavam. Algumas pessoas chegaram a ficar por quase uma hora na fila, quando um funcionário do Banco chegou para avisar que precisava colocar o caixa em manutenção para que fosse feito reparos necessários, o que deixou os clientes transtornados, alguns, inclusive, se revoltaram com a atitude do tal funcionário. De acordo com o que foi nos repassado, os servidores do Banco chegaram a rir da situação.

“Sinceramente, é uma vergonha o que eles (Banco) fazem aqui em Coroatá. A gente ver os vereadores tentando fazer alguma coisa, mas nada é feito. Enquanto isso o Banco do Brasil fica aqui debochando da nossa cara, até quando isso vai acontecer? E os juros das contas que temos que pagar, quem vai pagar pra nós, o Banco? É uma vergonha isso, uma vergonha”, disse o vendedor Antonio Carlos Amorim.

A Universidade Estadual do Maranhão (Uema), por meio do Núcleo de Tecnologias para Educação (UemaNet), lança edital para o Processo Seletivo Simplificado de Acesso aos Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio, forma subsequente, na modalidade a distância (PACEP) 2014.

Serão ofertadas 2.700 mil vagas para o ano de 2015, distribuídas em 22 polos de apoio presencial. São eles: Açailândia, Anajatuba, Balsas, Cajapió, Carolina, Codó, Colinas, Coroatá, Godofredo Viana, Imperatriz, Pinheiro, Presidente Dutra, São João dos Patos, Santo Antonio dos Lopes, Santa Inês, Viana, Zé Doca, Carutapera, Lago da Pedra e São Luís (3 polos).

Os interessados terão a opção de 8 cursos técnicos: Controle Ambiental, Redes de Computadores, Alimentos, Informática, Guia de Turismo, Segurança do Trabalho, Serviços Públicos e o mais novo curso: Mineração.

Acesse o site http://www.uema.br/pacep2014, escolha um dos cursos e faça a sua inscrição de 29 de setembro a 24 de outubro. O valor da inscrição é R$25,00. Todos os cursos são gratuitos e com duração média de 20 meses.

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail pacep2014@uema.br e telefones: (98) 3276-9671/ 8191 0508 (Tim)/ 8905 0804 (Oi)/ 8426 4230 (Claro)/ 9213 1165 (Vivo).

As provas estão previstas para acontecer dia 07 de dezembro.
Em mais um episódio de truculência, a Polícia Militar, dessa vez, fez uma vítima fatal. Durante uma operação para apreender mercadorias ilegais na tarde de ontem, quinta-feira (18/09), um policial atirou na cabeça do vendedor ambulante Carlos Augusto Muniz, quando o mesmo tentou tomar o spray de pimenta do soldado. A vítima morreu antes de chegar no hospital.

O policial permaneceu um tempo com a arma na mão e, em seguida, a colocou no chão.

Revoltados com a operação, os ambulantes montaram barricadas e foram reprimidos com bombas de efeito moral lançadas pelos policiais.

À princípio, a PM havia afirmado que o policial tinha sido cercado por camelôs que teriam o agredido. As imagens, no entanto, foram analisadas e ele foi preso por homicídio doloso.



Em sessão realizada na tarde de ontem, quinta-feira (18/09), na Câmara Municipal de Coroatá, os vereadores aprovaram a lei 009/2014 do executivo municipal que dispõe sobre a concessão de gratificação específica sobre atividades desempenhadas, aos servidores públicos municipais que compõem a Guarda Municipal.

O vereador Riba Maia (PSC) defendeu o projeto que beneficia os Guardas. Segundo ele, é uma valorização do servidor municipal, atendendo por repassar a gratificação de acordo com os direitos elencados na Constituição Federal aos trabalhadores que prestam serviços dessa natureza. A ideia é permitir que os servidores trabalhem ainda com mais satisfação.

“Essa gratificação vai mostra o trabalho feito pela Prefeitura, sempre enfatizando pela valorização dos seus servidores. A Guarda reivindicou e agora vão ser contemplados com esse projeto e tenho certeza que agora eles estarão mais motivados para desempenharem suas funções”, disse.

Já para o vereador Marcelo Moura (PTC), era necessário um estudo mais profundo sobre esse importante projeto.

“Eu entendo que esse projeto precisa ser encaminhado para as comissões, para ser bem mais estudado. É necessário que possamos sentar e juntos discutirmos principalmente o art. 2º. Adicional de 30% sobre o salário base, pelo desempenho funcional das atividades a serem desenvolvidas pelos Guardas Municipais, atendendo aos critérios de avaliação. Na minha visão, eu entendo que fica quase que impossível a Guarda cumprir todos esses critérios. São seres humanos, e pelo que eu li nesse projeto, se eles não cumprirem, eles não irão ganhar a gratificação. Era preciso elaborar um plano de cargos e carreira para esses profissionais, isso sim era o mais adequado”, concluído Marcelo.

O parlamentar Jocimar Pereira (PMDB) não concordou com seu colega Marcelo Moura (PTC). Para ele, o projeto de lei atende perfeitamente a necessidade da Guarda Municipal, conforme o que eles solicitaram e pediu agilidade para que fosse aprovado.

 “Eu acho que pelo próprio momento que estamos vivendo, em período de campanha, se não votarmos logo nesse projeto, nós só iremos fazer isso em 2015. Sobre o que você (Marcelo Moura) falou, eu não vejo nada demais sobre esses critérios, a Guarda Municipal já faz tudo isso e sem ganhar nada. Isso já é próprio da função desses profissionais, então eu não concordo com sua opinião”, disse.

Para o presidente da Câmara, Cesar Trovão (PV), que chegou a dar um “puxão de orelha” em Marcelo Moura, o debate precisava concentrar-se sobre a gratificação e não com assuntos paralelos.

“Vereador não pode fazer um projeto de plano de cargos e salários, isso é inconstitucional. Precisamos entrar na discussão, porque essa matéria que está sendo votada é a que interessa. Precisamos nos atentar a isso, o plano pode ser cobrado em outro momento, junto à prefeitura, ai sim, depois que for encaminhado para esta casa nós podemos discuti-lo”, disse Cesar.

Ao subir na tribuna, o vereador líder da oposição, Cássio Reis (PSDB), criticou a morosidade dos colegas do governo sobre alguns projetos de lei, enquanto outros eram “empurrados com a barriga”, Cássio disse ainda que o concurso público feito pela gestão do prefeito Luís da Amovelar foi fundamental para trazer tranquilidade e segurança aos funcionários, dando a eles a oportunidade de lutar por seus direitos.

“Todas as vezes quando vem um projeto para a Câmara que é de interesse para os funcionários, a gente ver que esta casa dificulta as coisas. O líder do governo vem aqui e diz que não houve valorização da Guarda Municipal na gestão anterior. Eu quero dizer que havia sim um número bem maior de funcionários e que eram livres para suas escolhas, inclusive fizeram seus protestos e foram respeitados. Do concurso público vocês não falam. Esses Guardas só estão aqui cobrando seus direitos porque são concursados, se não fossem, todos sabem que eles não estariam aqui. Fiquei surpreso ao saber que eles estão recebendo R$ 644,00, ai me perguntou essa é a preocupação da prefeitura com a Guarda Municipal?”, concluiu.

Apesar dos dois vereadores de oposição (Cássio e Marcelo Moura) ameaçarem se ausentar da votação, o que implicaria em um adiamento da mesma, uma vez que não teria vereadores suficiente para que o projeto fosse votado, a Guarda Municipal presente deu um “ok” aos parlamentares oposicionistas e os mesmos votaram pela aprovação da lei, aprovada por unanimidade.

Participaram da sessão os vereadores Cesar Trovão, Wlisses Muniz, Riba Maia, Josean Veras, Marcos, Jocimar, Cássio e Marcelo Moura.




A promotora de Justiça, Linda Luz Matos Carvalho, titular do Ministério Público da Comarca de Codó entrou com processo contra o professor Antônio Celso Moreira acusando-o de praticar crime de Denunciação Caluniosa, previsto em Art. 339 do Código Penal Brasileiro. A denúncia se deu por conta de uma manifestação em que o professor liderava num protesto contra a uma possível inação do Ministério Público na resolução do Caso Mauro, o carroceiro morto numa ação da Polícia Militar em abril de 2012.

Professor Celso cobrou uma atitude da promotora e por isso foi indiciado e responderá processo na Justiça local por calúnia contra a promotora. O mandado de intimação ao acusado foi enviado esta semana pelo juiz titular da 3ª Vara, que responde interinamente pela 2ª Vara da Comarca de Codó, Ailton Gutenberg Carvalho Lima.

Antônio Celso tem prazo de dez dias para apresentar defesa à acusação, inclusive com a apresentação de testemunhas e provas que atestem as acusações feitas contra a Linda Luz na época da manifestação realizada em frente a Sede da Promotoria de Justiça.

Na rede social, o professor fez uma postagem a respeito do processo impetrado pela representante do Ministério Público Estadual. Confira, na íntegra:

“A população de codoense ainda recorda o crime bárbaro cometido pela PM de Codó, que teve como vítima fatal o Mauro Mariano Santana, no dia 26 de abril de 2012? O policial que assassinou o Mauro nunca foi julgado até agora. Porém, hoje pela manhã, fui surpreendido por um oficial de justiça, no qual me entregou este mandato de citação e intimação, produto de um processo movido pela promotora Linda Luz Matos Carvalho contra minha pessoa, em razão de uma manifestação nas proximidades do Ministério Público, cobrando uma ação da promotoria naquela ocasião”, escreveu.

O crime de Denunciação Caluniosa está previsto no CP no Artigo 339 que envolve crimes praticados contra administração pública e da justiça. Se for condenado, Antônio Celso terá pena de 02 a 08 anos de Reclusão e multa.

FONTE: Correio Codoense
Foi realizado na noite de ontem, quinta-feira (18/09), na sede da FAEME, um grande encontro com as mulheres. O evento, denominado de “Café com Política”, foi organizado pelas mulheres representantes do Partido Democrático Trabalhista de Coroatá (PDT).

O encontro, regado a muita música e dinâmicas, contou com a participação do ex-secretário de Educação de Coroatá, professor Odair José, atual presidente do PDT local, que na oportunidade, apresentou às mulheres presentes os candidatos que estão sendo apoiados nestas eleições.











O secretário de saúde do estado do Maranhão, Ricardo Murad, e sua filha, Andrea Murad, que é candidata a deputada estadual pelo PMDB, estavam em um helicóptero na região de São João dos Patos, no sul do estado, quando a aeronave teve que fazer um pouso forçado, de acordo com as primeiras informações, por problemas elétricos.

Eles haviam participado de um comício e ao sair da cidade o piloto detectou que a luz de advertência da aeronave havia acendido, logo em seguida ele tomou a decisão de fazer um pouso forçado.

Segundo as informações, o pouso aconteceu sem problemas, na fazenda Montes Claros, entre Passagem Franca e Lagoa do Mato. Ninguém saiu ferido. 


Pouco mais de 24h que o novo secretário estadual de justiça e administração penitenciária assumir a pasta, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas já registra um novo tumulto.

De acordo com informações de um dos monitores do complexo, os detentos do Presídio São Luís II atearam fogo nos colchões, começando um “quebra-quebra”. O motivo para a revolta dos presos é uma possível transferência para o presídio São Luís III, em Maruaí, zona rural de São Luís. Alguns presos chegaram a dizer que só saem do presídio São Luís II mortos.

A Força Nacional e tropas da Polícia Militar foram acionados para conter o motim.

Em outra unidade prisional de Pedrinhas, o Centro de Detenção Provisória (CPD), um detento foi encontrado morto no Pavilhão Alfa. A Secretaria Estadual de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) ainda não informou a identidade do preso.

O pavilhão Alfa, onde a morte foi registrada, é o mesmo pavilhão de onde fugiram 6 detentos na última quarta-feira, quando uma caçamba foi usada para resgatar alguns presos.
Mais uma grande festa vai ser realizada no Balneário Guaribas, no próximo dia 21 de setembro e quem vai animar o evento é a banda que arrasta multidão, Forrozão Fruta Nativa. Você não vai ficar de fora desta festa, não é mesmo?

Além de muita cerveja gelada, tira gosto, você também vai desfrutar de um excelente banho de água natural e piscina, só no Balneário Guaribas, o melhor ambiente da cidade, ótimo para você sua família.

Então agenda logo ai, dia 21 tem Fruta Nativa, a melhor banda da região, tocando no Balneário Guaribas.



Foi preso na manhã de ontem, quarta-feira (17/09), um homem identificado apenas como Fabinho. Ele acabou sendo flagrado tentando passar droga (maconha) em uma garrafa de café para presos na carceragem da delegacia de Coroatá.

Os policias desconfiaram da atitude suspeita de Fabinho e quando averiguaram a garrafa descobriram a droga no interior da mesma. O homem está preso na DP local e ficará à disposição da justiça.


Ontem, quarta-feira (17/09), foi ao ar mais um programa exibido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (SINPROESEMMA), em Coroatá, no canal 7, pela TV Nazaré, logo após o Programa do Macílio.

O “De Olho Na Educação” destacou o caso dos professores aprovados no concurso público de Coroatá, ficando classificados como excedentes, e que acabaram sendo exonerados pela a atual administração.

O professor Celso Soares, que está substituindo Rodrigo Oliveira, e a professora Eunice Macedo destacaram uma ação feita por 18 professores que buscaram seus direitos na justiça. O processo foi julgado e a juíza deu parecer em favor dos educadores, obrigando que a Prefeitura de Coroatá a reintegre os 18 professores.

“A decisão é importante, um reconhecimento que já deveria ter sido feito. Nós do Sinproesemma também estamos com uma ação coletiva e temos certeza que será acatada pela justiça, já existe vários precedentes, como esse caso dos 18 educadores e outros casos individuais já conquistados”, disse Celso.

O programa fez referência também a duas vitórias de duas professores, a coroataense Sandra Maria dos Santos Viana [relembre a decisão da justiça] e a codoense Jhiowlianne Ferreira da Silva que teve decisão favorável da juíza que ainda estipulou uma multa diária de R$ 500,00 para a prefeita de Coroatá, caso descumprisse a determinação. Segundo a Dr. Josane, “A sociedade não pode suportar as consequências das ações de quem não a representa como deveria”. [reveja também está publicação].
Morreu em Coroatá, na noite de ontem, terça-feira (16/09), por volta das 22h30, o poeta e compositor coroataense José de Ribamar Pereira, conhecido como “Zé do Combate”, 85 anos. Ele sofria com problemas de saúde e nos últimos quinze dias teve uma piora em seu quadro.

A equipe média que atendeu o artista coroataense disse à família que “Zé do Combate” teve falência múltipla dos órgãos.

Em conversa com a redação do Coroatá Online, o filho de “Zé do Combate”, Valcimar de Sousa Pereira, lamentou profundamente a morte do pai e disse que ele foi e sempre será um exemplo de vida.

“Ele foi um grande homem, trouxe muitas alegrias para seus conterrâneos e pra mim, foi um pai maravilhoso, que eu aprendi a respeitar por seu caráter e sua vontade de viver da melhor maneira possível. Tenho certeza que ele deixou seu legado para o povo de Coroatá”, disse, emocionado.

O velório do corpo do artista está sendo realizado em sua residência, localizada na Avenida Fortaleza, no bairro da Palmeira Torta, em frendo ao posto de saúde, batizado de “Zé do Combate”, homenagem justa a quem merecia muito mais. O enterro está previsto para a tarde de amanhã, quinta-feira (17/09), no cemitério do Povoado Marrecas, às 16h00.