A Polícia Militar de Coroatá prendeu dois homens por volta das 01h40 da madrugada desta segunda-feira (22/12).

Werton Silva, 29 anos, conhecido como “Ventão” e Antonio Nierli, 18, foram vistos em uma moto em atitude suspeita. Ao serem abordados pela polícia eles tentaram fugir, mas logo acabaram sendo alcançados pela PM. Com a dupla foi encontrado um revolver calibre 38, com três munições intactas, além de uma faca.

Para a polícia, os dois homens provavelmente estavam procurando vítimas para assaltar. Os dois infratores foram apresentados na delegacia de Coroatá para procedimento e ficarão à disposição da justiça.

Os familiares e amigos, incontáveis amigos, ainda não acreditam no trágico acidente que vitimou o professor Adriano Carneiro, no bairro da Mariol, próximo à primeira ponte, sentido Coroatá a Timbiras, por volta das 04h30 deste sábado (20/12).

Adriano voltava da Vaquejada realizada na Fazenda Coroatá e por motivo desconhecido resolveu tomar rumo sentido Timbiras. Infelizmente poucos metros depois ele acabou perdendo o controle da moto ao passar por vários buracos e bateu violentamente a cabeça, morrendo ainda no local.

A comoção dos amigos ganhou proporção rapidamente no facebook, todos lamentando o ocorrido e dando força à família. Veja algumas dessas mensagens: 



Vários coroataenses acordaram com uma triste notícia na manhã deste sábado (20/12), principalmente as pessoas ligadas ao esporte local. Isso porque Adriano Carneiro, grande incentivador do esporte em Coroatá, morreu após cair de moto no bairro da Mariol, próximo à primeira ponte, sentido Coroatá/Timbíras.

 Morte do professor Adriano Carneiro repercute na internet

De acordo com as primeiras informações, Adriano voltava da cidade de Timbiras, por volta das 04h30, quando teria perdido o controle da moto em que estava, possivelmente por conta dos vários buracos localizados logo após a antiga Guarita do bairro da Mariol. As imagens do acidente são fortes, Adriano teria morrido ainda no local, após uma bater violentamente a cabeça no chão.

Adriano era conhecido em Coroatá por sua paixão pelo futebol. Comandou por muitos anos a seleção sub 17, 18, conquistando inúmeros campeonatos em toda região com a garotada. Também mantinha uma escolinha de futebol, relevando muitos talentos que hoje estão jogando fora da cidade.

Lamentavelmente ele se despediu desta forma.

Seu corpo está sendo velado na casa da família, localizada na Rua do Sol, próximo ao antigo Hospital do Dr. Roberto.
A jovem repórter Cléa Araújo fez uma "turbulenta" mudança de programa, assim foi o que muitas pessoas imaginaram, saindo do programa “Canal Aberto” para trabalhar no “Balança Cidade”, dois programas antagônicos, politicamente falando.

Inevitavelmente as criticas apareceram por vários lados, alguns diziam que ela duraria pouco tempo, ou que era apenas uma jogada política para tirá-la de uma possível evidencia, porém, um ano depois, a codoense deu a resposta da forma mais simples, mostrando seu trabalho, e o resultado a sociedade tem acompanhado diariamente.

Cléa Araújo, assim como o programa “Balança Cidade” tem se destacado pelas matérias relevantes transmitidas à população coroataense.  

Contrariando a perspectiva de muitos falastrões, a jovem repórter fez questão de lembrar esta data especial em sua vida [um ano de TV Cidade], não apenas por isso, mas pela experiência que vem conquistando dia-a-dia. 

O paulista Gabriel Medina, 20 anos, tornou-se nesta sexta-feira (19/12) o primeiro brasileiro a faturar o título de campeão mundial de surfe profissional.

Após vencer o havaiano Dustin Payne e avançar para as quartas de final da décima primeira e última etapa do circuito, disputada nas ondas de Pipeline, no Havaí, Medina viu seu conterrâneo Alejo Muniz vencer o australiano Mick Fanning, 33, segundo colocado no ranking, o que lhe garantiu o título da temporada. O Billabong Pipe Master ainda não foi concluído.

Acompanhado pela internet por milhares de pessoas, o campeonato mobilizou Maresias, praia de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, onde Medina mora e aprendeu a surfar.

“O clima aqui é de uma final de Copa do Mundo”, disse à Agência Brasil o bacharel em direito e surfista, Marcos Antônio Ferreira Tenório Júnior. Com um grupo de amigos moradores de São Sebastião, todos praticantes de surfe, Júnior viabilizou a instalação de um telão para exibir o evento para quem não tem acesso à internet.

“Muitos jovens pobres de São Sebastião surfam, e o sonho de muitos é virar surfista profissional. Isso já acontecia antes, mas agora, com o sucesso do Medina, do Miguel Pupo e do Filipe Toledo, ficou ainda maior. A praia, hoje, parou”.

A conquista de Medina coincide com os 80 anos da prática do surfe no país, quando o primeiro brasileiro se equilibrou sobre uma pesada prancha de madeira e deslizou sobre uma onda na praia de Santos (SP), em 1934.

Desde que o esporte das ondas se profissionalizou, no final da década de 1970, vários brasileiros conquistaram títulos mundiais na divisão de acesso à elite do surfe e em outras categorias (amador e júniores) e modalidades - longboard (praticado com pranchas maiores); ondas gigantes e stand up paddle (SUP).

Mas o melhor resultado alcançado até agora por um brasileiro no ranking final da categoria mais disputada foi o terceiro lugar do cabofriense Victor Ribas, em 1999.

Medina não é só o primeiro brasileiro a conquistar o campeonato da principal categoria do surfe mundial, ele também é o primeiro latino-americano a se sagrar o melhor do mundo desde 1976, quando foi criado um circuito mundial com várias etapas, nos moldes do atual.

Antes disso, apenas o peruano Felipe Pomar exibia o título de campeão do mundo, obtido em 1965, com a vitória no primeiro campeonato mundial oficial da história, ocorrido em uma única etapa.

A partir daí, o esporte foi dominado por norte-americanos, australianos e havaianos (apesar de o Havaí ser um estado norte-americano, seus surfistas competem como se fossem uma nação independente).

Por pouco Medina não tirou do fenômeno Kelly Slater o título de mais jovem surfista a vencer o circuito mundial. Quando conquistou o seu primeiro título, em dezembro de 1992, Slater estava prestes a completar 20 anos e dez meses. Já Medina completará 21 anos na próxima segunda-feira (22). Slater, que está com 42 anos, é também o mais velho surfista a se sagrar campeão de um esporte que, além de força física, exige flexibilidade, resistência e equilíbrio.

O título da Associação Profissional de surfe (ASP) consagra a ascensão no cenário internacional do jovem atleta que há tempos era apontado como uma das maiores promessas do esporte. Morador de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, Medina começou a surfar aos 9 anos, por influência do padrasto e, hoje, técnico, Charles Rodrigues.

Habituado às fortes ondas da Praia de Maresias, ele começou a confirmar as expectativas já em 2009. Com apenas 15 anos de idade e ainda amador, tornou-se o mais jovem surfista do mundo a vencer uma prova seis estrelas do circuito profissional mundial, disputada na Praia Mole, em Florianópolis (SC). Seu adversário na final, o também brasileiro Neco Padaratz, tinha 32 anos e larga experiência nesse tipo de competição.

Em 2010, o sebastianense venceu o torneio promovido pela Associação Internacional de surfe (ISA), na Nova Zelândia, e se tornou campeão mundial na categoria abaixo dos 18 anos.

No segundo semestre de 2011, com então 17 anos, Medina ingressou no seleto time de 36 surfistas que disputam a primeira divisão do circuito profissional, tornando-se o mais jovem surfista a ingressar no pelotão de elite da ASP.

E o fez em grande estilo, vencendo duas das cinco etapas que disputou em meia temporada – o que lhe garantiu o 12º lugar no ranking anual. Em 2012, quando participou de todas as etapas, Medina alcançou a sétima posição. No ano passado, terminou em 14º.

Este ano, o brasileiro liderou o ranking durante praticamente todo o ano – um fato raro. Das 10 etapas já concluídas, o brasileiro já venceu três - e ainda pode vencer esse último evento.

O tricampeão mundial Mick Fanning também ganhou três campeonatos, mas enquanto o brasileiro já chegou quatro vezes à quinta colocação, o australiano obteve menos resultados semelhantes, terminando em posições piores que Medina nos outros eventos. Já o onze vezes campeão do mundo Kelly Slater até aqui não venceu nenhuma etapa em 2014.

Patrocinado por uma das mais poderosas multinacionais fabricante de artigos de surfe desde 2009, a crescente popularidade de Medina lhe rendeu contratos com empresas estranhas à modalidade, como uma montadora de carros de luxo, uma empresa telefônica e fabricantes de celular e de refrigerantes.

Só em prêmios, Medina recebeu, este ano, US$ 391 mil. Fora patrocínios, bônus por resultados, royalties por produtos com seu nome e outras ações de marketing.
A maioria das mulheres, gostam das unhas impecáveis, e cada uma com sua crendices, mas quando o assunto é cuidados a decisão é unanime, corre pro salão, amiga!

Estava pesquisando dias desses sobre cuidados com as unhas, e encontrei umas dicas legais e gostaria de compartilhar com vocês, vamos lá?!?!?!?

Médico esclarece mitos e verdades sobre os cuidados com as unhas
Confira as dicas para que as unhas cresçam saudáveis e bonitas

Todas as mulheres possuem suas crenças sobre o que se pode ou não fazer para as unhas crescerem mais fortes, bonitas e saudáveis. Mas entre essas "teorias" o que é verdade e o que é mito?

Para desvendar tais "mistérios", o médico Paulo Henrique Lucas esclarece as dúvidas e dá dicas sobre como cuidar corretamente das unhas. Confira:

:: Pintar as unhas com esmaltes escuros as deixam escuras

Mito: Na verdade, o que deixa as unhas escuras são algumas substâncias presentes na maioria dos esmaltes convencionais, como o formaldeído (tóxico), o tolueno e o benzeno (solventes agressivos). Eles agridem as unhas, tingindo-as gradativamente, conforme o uso destes esmaltes.

:: Cortar as unhas ao invés de lixá-las faz com que elas fiquem mais fracas e quebradiças

Mito: Cortar ou lixar as unhas não interfere na saúde das mesmas, já que este processo não é feito em sua matriz, mas, sim, na extremidade da unha, quando ela já passou por toda a sua fase de crescimento.

:: Para obter melhor resultado, as unhas devem sempre ser cortadas onde começa a "carne"

Mito: Esta parte debaixo da unha nada mais é que uma proteção da própria. Cortando rente a ela, a unha pode sofrer alguns danos, como o descolamento, ou até, ser machucada. O certo é deixar uma pequena parte da unha para cima, para que esta proteção continue ativa.

:: Não se pode tirar o esmalte com acetona, pois ela danifica a unha

Verdade:  A acetona é uma substancia muito agressiva, que em contato com a unha a deixa cada vez mais fraca e esbranquiçada. O correto é usar removedores sem acetona que não agridem e/ou ressecam as unhas.

:: Esmaltes escuros fortalecem e aceleram o crescimento das unhas

Mito: Os esmaltes escuros não contem nenhuma substância que possa fortalecer a unha. As substâncias encontradas em esmaltes comuns, as quais citamos acima,  fazem o trabalho contrário. Além de enfraquecerem, são perigosas para as pessoas mais sensíveis nesta área. Antes de comprar algum vidrinho de esmalte, confira se o mesmo é livre destas químicas. E caso ocorra alguma alergia, antes de qualquer coisa, o melhor é procurar um médico, pois ele fará testes que irão dizer qual foi realmente o problema.

:: O correto é deixar as unhas sem esmalte para que ela possa "respirar"

Mito: As unhas são constituídas por células mortas de queratina, sendo assim, ela não tem necessidade de "respirar". O que pode ocorrer é o ressecamento e enfraquecimento das unhas em virtude da esmaltação contínua feita por esmaltes convencionais com substâncias prejudiciais. Para o bem da saúde das unhas, é sempre bom optar linhas de esmaltes que não as agridam e sejam livres destas substâncias tóxicas. Utilizando esses esmaltes sem agressividade, é possível esmaltar as unhas todos os dias sem intervalos e sem agressão às mesmas.

:: Não se pode tirar a cutícula, o correto é empurrá-la

Verdade: A cutícula é uma pele que se sobrepõe à unha, agindo como uma proteção natural contra bactérias e fungos. Removendo-a, a unha se torna suscetível a tais problemas.

:: É possível contrair hepatite fazendo as unhas

Verdade: Se no salão que você frequenta a sua manicure não toma todas as prevenções necessárias, a possibilidade de contrair a doença é grande. Além de higienizar o material, é necessário esterilizá-lo de forma correta. O mais eficaz é ter o seu próprio kit de manicure e levá-lo sempre que for fazer as unhas.

:: Para as pessoas que são alérgicas, pode-se passar uma base hipoalergênica e qualquer outro esmalte por cima.

Mito: A base hipoalergênica não garante que será feita uma película ou filme sobre a unha que impeça que o suposto esmalte convencional não irá entrar em contato com a unha e causar alergia.

:: Manter as unhas sempre úmidas pode causar doenças

Verdade: A umidade excessiva favorece o surgimento de micoses como o "unheiro". O correto é evitar deixar as mãos úmidas por muito tempo. Quem trabalha expondo frequentemente as mãos à água deve mantê-las bem secas após o término da sua atividade para evitar ataques de fungos e bactérias que levarão a doenças.

:: O formato das unhas facilita que as mesmas encravem ou se lasquem com mais facilidade

Verdade: As unhas dos pés preferencialmente devem ter o formato quadrado para impedir que encravem. O uso de sapatos apertados contribui para o surgimento de unhas encravadas. Já o formato ovalado é ideal para unhas das mãos que são habitualmente fracas e quebradiças, pois unhas nesse formato quebram com menos facilidade.

Pronto, agora que você já está bem informada, corre pra manicure!

Beijos e até a próxima!


Informações: http://saude.hagah.com.br/especial/sc/qualidade-de-vida-sc/capa,0,0,0,0,Home.html

========================== XXXX============================

Débora Gomes, coroataense, casada, bem resolvida e bem humorada!!! Curto moda e assuntos relacionados a beleza, mais não me sinto escravizada por tais, sempre tive interesse por esses assuntos, e vamos combinar, que mulher não gosta de trocar ideias e dicas de belezas?!

LEIA OUTRAS PUBLICAÇÕES DO 'BELEZA SEM FRESCURAS':

 Cabelo poroso e agora? Descubra o que fazer
 Protetor solar, indispensável!
 Sobrancelhas marcadas; confira a dica
 Conheça mais sobre a coluna
Neste sábado (20/12) o Paraíba estará aberto até as 19h00 e no domingo (21/12) até as 18h00 com muita música ao vivo, ofertas e novidades em todos os setores da loja.

E você vai comprar o melhor da moda em confecções e calçados em até 10 VEZES nos cartões Visa, Master Card, Credishop e no cartão Paraíba.

Aproveite o final de semana e faça suas compras de natal no Paraíba, aberto sábado até as 19h00 e no domingo até as 18h00.


Natal Paraíba, viva o natal, viva a alegria!

Foi inaugurada nesta semana em Coroatá, a Kosmetik – cosméticos e perfumaria. Lá você vai encontrar mais de 100 opções de Kits para o natal. A Kosmetik trabalha com as maiores e melhores marcas, além de perfumes importados com desconto de 5% na compra à vista.

MARCAS:

Mahojony
O Boticário
Natura
Água de Cheiro
Jafra

PERFUMARIA IMPORTADA:

One Million
Silver Scent
Invictus
Joop Homme
Jean Paul
Ange ou Démon
Lady Million

Tá esperando o que? Conheça a Kosmetik, localizada na Travessa Quintino Bocaiuva, em frente à Ótica Diniz, no Centro de Coroatá, e aproveite os super descontos deste natal.












A coroataense Dávilla Karine, que trabalha na Academia Boa Forma, em Coroatá, como personal trainer, infelizmente é mais uma vítima que entra para o registro de assaltos na cidade.

Ela retornava para sua casa, que fica localizada no bairro da Maçaranduba, próxima à CAEMA, por volta das 22h de ontem, quarta-feira (17/12), quando foi surpreendida por três elementos que estavam em duas motos. Portando um revolver e uma faca, o trio obrigou a vítima a parar e levou a moto, celular e uma bolsa com todos os seus documentos.  

Até o momento não há nenhuma informação sobre os assaltantes. A polícia segue investigando o caso na tentativa de identificar e prender os criminosos.
O apresentador Jô Soares se irritou com um jovem da plateia, no programa que foi ao ar na terça-feira (16/12). Após ser exibido um vídeo do deputado federal Jair Bolsonaro dizendo que não estupraria a parlamentar Maria do Rosário porque ela não merece, um homem gritou "viva, Bolsonaro!" e causou surpresa no apresentador.

Jô arregalou os olhos e questionou: "Quem foi que gritou esse absurdo? O Maluf tá na plateia?". Após alguns segundos de silêncio, o defensor de Bolsonaro levantou a mão e disse que a fala do deputado foi tirada de contexto.

— Eu entendi o que ele quis dizer. Ele foi autor de um Projeto de Lei para castração química de "estrupador". Ele não quis fazer apologia. 

O apresentador riu do argumento do jovem e disse que já ouviu muita bobagem na vida, "mas essa supera o Bolsonaro".

Jô Soares recebeu apoio da plateia, que o aplaudiu de pé.

“Tudo errado: o futebol em Coroatá é como a cigarra – canta, canta... depois de tanto cantar recua as costas, e nunca mais dar sinal de vida. Faz até pena...”.

O texto acima poderia muito bem encaixar-se na atual realidade vivida no esporte coroataense, porém a crítica tem mais de seis décadas, precisamente 63 anos. Isso mesmo. Esse é um trecho retirado do jornal de Coroatá chamado “O Popular” publicado em 1951.

Logo na primeira página de notícias, um destaque chama a atenção: o então prefeito de Coroatá, Dedé Amorim, havia acabado de comprar terras de Vitor Trovão para completar a área pertencente à cidade. Confira o texto:

“Nosso Prefeito: O Sr. Dedé Amorim, digno Prefeito desta cidade, acaba de adquerir o resto do patrimônio do município, que estava em mão do Sr. Vitor Trovão. Custou a quantia de 25 mil cruzeiros, aos cofres da Prefeitura.

Pretende, ainda, o nosso popular Prefeito, construir na Praça João Pessoa, o novo Mercado Público, velha a piração dos coroataenses.

E assim, Dedé Amorim, vem conquistando os calorosos aplausos dos seus conterrâneos: porque está administrando sua terra natal sem paixão partidária”.


======================= XXXXXXX===========================

O material divulgado aqui no Coroatá Online foi conseguido pelo jovem Ednaldo Rodrigues (foto abaixo), que está cursando biblioteconomia na UFMA.

Ednaldo nasceu em São Luís, mas veio para Coroatá ainda pequeno, onde passou sua infância.

Aguardem, publicaremos outras matérias falando sobre esse passado da imprensa local de 1951 - 1953. O jornal "O Popular" tinha 11 páginas contando com a capa. Um material muito importante que mostra a história da nossa cidade.